Páginas

22 de dez de 2008

aprender o quê???

Deixar de ser burra?
De ser egoísta??
Prepotente?
Dominadora?
Possessiva?

Sei lá...

14 de dez de 2008

UM DEFEITO NA MULHER

Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras de seu sexto dia de trabalho.
Um anjo apareceu e Lhe disse: “Por que gastas tanto tempo com esta?"
E o Senhor respondeu: “Você viu minha “Folha de Especificações” para ela?"
“Deve ser completamente lavável, porém não ser de plástico, ter mais de 200 partes móveis, todas arredondadas e macias e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa e sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho raspado até um coração ferido e fazer tudo isso com somente duas mãos."
O anjo se maravilhou com os requisitos.
“Somente duas mãos....Impossível!
E este é somente o modelo Standard?
É muito trabalho para um só dia...
Espere até amanhã para terminá-la, Senhor.”
“ Não o farei, protestou o Senhor. Estou muito perto de terminar esta criação, que é a favorita de Meu próprio coração.
Ela já se cura sózinha, quando está doente e pode trabalhar 18 horas por dia.”
O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.
“Porém a fizeste tão suave, Senhor!”
“É suave", disse Deus, “porém a fiz também forte. Não tens idéia do que pode aguentar ou conseguir.”
"Será capaz de pensar?" perguntou o anjo.
Deus respondeu:
“Não somente será capaz de pensar , mas também de raciocinar e negociar"
Então, notando algo, o anjo estendeu a mão e tocou a pálpebra da mulher....
"Senhor, parece que este modelo tem um vazamento...
Eu Te disse que estavas colocando muitas coisas nela"
“Isso não é nenhum vazamento... É uma lágrima“,
corrigiu-o o Senhor.
"Para que serve a lágrima?" perguntou o anjo.
E Deus disse:
“As lágrimas são sua maneira de expressar sua sorte, suas penas, seu desengano, seu amor, sua solidão, seu sofrimento e seu orgulho."
Isto impressionou muito ao anjo
“És um gênio, Senhor.
Pensaste em tudo. A mulher é verdadeiramente maravilhosa"
“ Sim, ela é!
A mulher tem forças que maravilham os homens.
Aguentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais, porém, têm amor e sorte.
Sorriem, quando querem gritar.
Cantam, quando querem chorar.
Choram, quando estão felizes e riem, quando estão nervosas.
Lutam pelo que acreditam.
Enfrentam a injustiça.
Não aceitam "não" como resposta, quando
elas acreditam que haja uma solução melhor.
Se privam, para que sua família possa ter algo.
Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.
Amam incondicionalmente.
Choram quando seus filhos triunfam e se alegram
quando suas amizades conseguem prêmios.
São felizes, quando ouvem falar de um nascimento ou casamento.
Seu coração se despedaça, quando morre uma amiga.
Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não há mais forças.
Sabem que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido.
Porém, há um defeito
incorrigível na mulher:
“É que ela se esquece o quanto vale.”

um século depois...

Depois de um longo inverno, voltamos ao mundo dos blogs...

13 de dez de 2008

A vida é engraçada...

É... mas não tem graça nenhuma...

3 de dez de 2008

Milagres...

Dizem que a vida é um milagre. O dia-a-dia também é um milagre.
Milagre da redescoberta... da não descoberta...
Sei lá, mas embora tenham sido resolvidos todos os males-entendidos, uma coisa sempre vai me deixar com um pé atrás: não ter certeza de até onde acreditar realmente nas pessoas ou no que elas dizem...
Sentir é muito diferente de dizer; e de agora em diante, somente a minha percepção dos sentimentos das pessoas é que me permitirá saber (ou imaginar) o que as pessoas sentem realmente...
Afinal, nem todas as pessoas sentem como mostram ou mostram o que realmente sentem... E acreditar que em uma ou outra coisa é que nos faz confiar ou não em alguém...

26 de nov de 2008

descobrindo...

O que vc diria se descobrisse que o seu maior temor acontecesse??? Que as pessoas colocam vc numa redoma, ou pior, à margem da vida delas???

Que pessoas que não gostam de vc em um determinado momento em sua vida têm razão de dizerem que vc não é uma pessoa,
é uma coisa???

De repente me "redescobrir" "um ser que não é uma pessoa" me deixou com uma puta dor de cabeça e confusa...

Se eu já desconfiava de tudo e de todos, imagine agora??? Como confiar??? Como acreditar??? E pior ainda: como ensinar a um filho a esperança se nem eu já a tenho mais???

Minha vida foi uma farsa até aqui??? Que ótimo descobrir justo agora que tenho um filho...

Minha auto-estima já não lá essas coisas, imagine como me sinto, agora que sou um ser de cristal, e não uma pessoa de carne e osso...

6 de set de 2008

medo...



Pois é... Amo meu marido, meu companheiro, meu amante, minha família, meu amigo, meu tudo...
Ontem ele passou mal e fiquei com um aperto muito grande no coração...

Iríamos fazer mudança, mas mudamos os planos...

Bom, mas foi só um sustinho e hoje ele está bem melhor!!!!

1 de set de 2008

Mãe é louca???

MAE É LOUCA?????
Olha...Se não fosse um caso a parte, eu diria que mãe é um caso de insanidade. Já viu ser mais contraditório que esse???

Analise...

1º) DORMIR: Você teve um dia exaustivo, o filho não dorme você está tentando pô-lo pra dormir a horas... Finalmente ele dorme! Você pensa: finalmente eu vou poder relaxar e fazer minhas coisas! Passado um tempo, você começa a achar que ele ta dormindo demais. Vai lá, “escuta a respiração” dá uma mexidinha básica nele (atire a primeira pedra quem nunca fez isso!) e se ele dormir demais você se preocupa, pensa se não é melhor acordá-lo... Nessas alturas você não relaxou nada!

2º) COMER: Você não agüenta mais tentar fazer com que ele coma, já tentou de tudo, cantar, fazer aviãozinho, mostrar livro, até pra TV você já apelou. E ele... neca de pitibiriba. Até que você diz “NÃO QUER COMER ENTAO NÃO COME!”. E ele não come mesmo! Aí você se descabela, pensa se ele vai ficar anêmico, se não vai perder peso, passar fome...

3º) TESTE DE PACIÊNCIA: Você ta cansadérrima, seu filho não para de fazer manha, você tenta de tudo pra ele parar, com toda paciência do mundo, com a maior docilidade, mas ele não quer parar, mas também não quer brincar só fazer manha! Quando, finalmente, você histérica, se descontrola com ele (talvez até grite) passados 10 segundos, simplesmente, você pensa em morreeeeeeeeeeer! E se acha uma monstra, a pior mãe do mundo!!! Como foi perder a paciência daquele jeito?? Só pq ele está às 24hs te enlouquecendo? Monstra! Monstra! É isso que você é!

4º) EDUCAÇÃO: Você, como mãe, entende perfeitamente, que crianças são crianças... A não ser aquelas que partem pra cima do seu filho!!! Se der um tapa nele... Hum... Já esqueceu que é outra criança! É um mal educado... Cadê a mãe dessa criança pra você dar uma fulminada???

5º) POTENCIAL ASSASSINO. Você tem vontade de matar a professora que foi grossa com seu filho, o cachorro na rua que quase mordeu ele, o vizinho cuja obra acorda o seu filho todo dia... Enfim... Uma assassina em potencial...

6º) SAÍDAS: Já ia me esquecendo desse item tão importante!!!! Você está praticamente “internada” em casa, faz tempo que você não sai para se divertir. O marido já começou a sentir falta desse tempo a dois... E você também. Sua mãe ou algum parente muito próximo fica com seu filho para, finalmente, você dar aquela relaxada merecida!! Você sai pra jantar.... Mas pede pra QUALQUER COISA te ligarem. Chegando ao restaurante a primeira coisa que você faz é pegar o celular e ligar pra casa pra saber “se está tudo bem!!” Mas você saiu não tem nem 20 minutos!!! E essas ligações vão perdurar durante o jantar... Pelo menos umas três vezes você vai ligar... Mas... Se você já estiver se sentindo ridícula frente ao marido ou a pessoa que está com seu filho, você terá a “esperteza” de falar: “Estou ligando pq esqueci de falar tal e tal coisa...”. Mentira! Ta ligando pq você ta obsessiva, isso sim!!!! Bom... A não ser que você já tenha saído pelo menos 20 vezes você começa a aprender a relaxar.... Antes disso... Esqueça!

7º) COMPUTADOR: Não esqueçamos esse objeto da insanidade... Lá... Analisemos... Você não tem tempo mais para absolutamente nadaaaaaaaa! Você respira “filho" praticamente 24 h, o único tempinho, único mesmo, que você tem pra fazer aquela unha, aquele cabelo... Enfim... Você não se agüenta... E faz o que??? Vem pro computador!!!!!!!!!! Falar de filhooooooooooo!!!! E se faltar luz??? E se a conexão tiver problema??? Você entra em desesperooooooooooooo!!!! Você precisa do computadoooooooor desesperadamente!!!! Você tem que “viajar" para o único planeta onde encontra os ETS iguais a você...! Só lá todos falam a sua língua, entendem seus Sim... Pq vamos pensamentos, você se “transporta" para o lugar do outro da telinha, sofre junto com eles... Enfim... É o seu HOSPICIO VIRTUAL! Tem um monte de LOUCO igual a você!!!!!!!

8º) PRECONCEITUOSA: Isso sem contar que você, além de louca, passa a ser um pouco, digamos, preconceituosa. O mundo pra você agora se subdivide em 2 categorias: OS QUE TÊM FILHOS e OS QUE NÃO TEM FILHOS. Se você descobre que o (a) pediatra do seu filho não tem filhos por ex... Hummmmmmmm é quase uma ofensa pessoal. Pq você já parte do principio (do pre-conceito) de que essa pessoa NUNCA, JAMAIS vai te compreender, pq afinal, só quem tem filhos pode te entender. Você de repente passa até a “excluir" aqueles velhos amigos que não tem filho. Primeiro que você não tá a fim de falar sobre outro assunto e segundo pq eles mesmos passam a te achar uma chata neurótica. Bom... Se aquela amiga sem filhos, afetuosamente, tentar cair na “maior roubada" de querer te dar um conselho você vira até uma pessoa grossa responde na lata: você fala isso pq não tem filhos... Qdo você tiver a gente conversa ok? Aceitar conselho de quem não tenha filhos: impensável!!!!

9º) CHORONA: Bom... Se você já era chorona... Agora você é histérica! Começa na gravidez... Quando, se alguém (em especial o marido) levanta um pouco a voz pra você, você fica suuuuuuuuuuper hiiiiper magoada e cai no pranto. O pranto agora faz parte da sua vida. Vc não pode ver nada, nenhuma noticia relacionada a alguma desgraça com filho que você chora. Aliás, você começa há ficar um pouco alienada por conta disso. Filme com desgraça de filho? Nem pensar! Você não tem mais capacidade de assistir. Noticia no jornal? Idem! E se por acaso você, burramente, cair na asneira de ler algo do tipo você se odeia em seguida, se arrepende mortalmente e se pergunta: pq cargas d, água eu fui ler essa porcaria?!!!! Você agora chora vendo "NEMO". Nossa... Aquilo é tão emocionante rs. Alias, sobre filmes, na sua infância você chorou horrores vendo Bambi rs, especialmente qdo a mãe do Bambi morre. Portanto, agora você pode ter a DUVIDA EXISTENCIAL DO BAMBI, ou seja, você tem sérias duvidas quanto a deixar ou não seu filho ver BAMBI. Será q vai ser forte pra ele? Será q ele vai pensar q vou morrer?

Agora eu pergunto: Seria patológico se não fossemos mães ou não rsrsrsrs?!!! Mas... Mãe pode tudooooooooooo!!! Em favor dos filhos rs!

31 de ago de 2008

Quantos dias faltam....

E pensar que foi quase ontem que descobri estar grávida...

Hoje esperamos um lindo menino, o Alberto, já amado e querido por todos!

21 de jun de 2008

Nossa, eu não dou para esse negócio de Blog...

Nossa, desde novembro que eu não posto e tanta coisa aconteceu...
Primeiro, que eu perdi 18kg com o regime. Nossa, parece uma coisa de doido, mesmo... Nunca imaginei que seria capaz e graças a Deus, consegui!!!
Estava olhando fotos de 2004, 2005 e realmente o BUM do engordamento foi 2006/2007, acho que por conta da ansiedade das novidades que ocorreram (estava morando com meu marido, na época meu noivo, em um apê só nosso, ia casar, mudei de local de trabalho duas vezes..., minha vózinha faleceu, ganhei um sobrinho..., meu marido mudou de emprego..., entrei na faculdade..., nossa muita coisa mesmo!!!!).

Mas mal perdi o peso, e parei de tomar o inibidor de apetite, eis que outra surpresa acontece: em 01/04 descobri que estava grávida de 2 meses!

De repente meu mundinho confuso tornou-se mais confuso ainda!!!

Deixei a faculdade (não por causa do bebê, mas por outros motivos...), e agora tudo que penso é a gravidez, o que vai acontecer, como o bebê vai nascer, se estaremos prontos...

Sem contar que a gravidez muda muito a cabeça da gente e deixa a gente meio confusa; muitas transformações no corpo, o nosso humor fica medonho...

O que eu espero é que ele (ou ela) venha com muita saúde, pois amor não irá faltar a este ser que já amamos mais que a própria vida!!!

6 de jun de 2008

o que é ser egoísta...

estou me sentindo egoísta... mas o que é ser egoísta???

Pelo dicionário Houaiss:
Acepções
■ substantivo masculino
1 amor exagerado aos próprios valores e interesses a despeito dos de outrem
2 exclusivismo que leva uma pessoa a se tomar como referência a tudo; excessiva vaidade, pretensão, orgulho, presunção
3 Rubrica: ética.
no kantismo, paixão humana fundamental, que consiste na submissão do dever ao interesse particular, em detrimento da obediência à lei moral
Obs.: cf. amor-próprio
4 Rubrica: ética.
no nietzchianismo, sentimento cuja plenitude está restrita ao homem nobre e incomum, capaz de compreender o mundo do ponto de vista exclusivo de seu próprio interesse, o que equivale, no campo da ética, ao perspectivismo interpretativo no âmbito da cognição
5 Rubrica: psicologia.
atitude ética ou social que parte do princípio de que o móvel fundamental de todo pensamento ou ação (morais) é a defesa dos próprios interesses
Obs.: p.opos. a altruísmo
6 Rubrica: psicanálise.
interesse que o ego tem por si próprio

Será que sou egoísta só por querer ficar no meu casulo???