Páginas

19 de jul de 2015

16º Domingo do Tempo Comum - O bom pastor

Hoje o Evangelho de Marcos 6,30-34 nos traz Jesus que ao dar descanso aos seus discípulos, encontra uma multidão e se compadece dessa multidão, olha-os com compaixão e lhes ensina muitas coisas.
Sim, fomos à missa (a família toda, hehe)!

Por um milagre rezamos o terço eu e o Beto com a Rede Aparecida, perto das 17h. Adorei! Muito bom! E padre que fez a oração do terço falou, muito providencialmente, que descansamos em Deus ao fazer a oração do terço. E foi o que fiz e como me senti, descansada.
Sim, muitas vezes estamos cansados, mas é melhor descansar nos braços de Jesus, em nosso recolhimento e nos momentos de oração.

Uma das coisas na homilia da missa, que me chamou a atenção foi quando o padre ao referir-se à primeira leitura de Jeremias 23,1-6 lembrou que nós família, principalmente pai e mãe, somos pastores também, e temos responsabilidades sobre o nosso "rebanho doméstico" (por assim dizer) e precisamos nos esforçar para sermos bons pastores, caminhar com nossos filhos e guiá-los na fé.

Outra coisa falada foi: não distribuir a nossa cruz aos outros. E hoje eu percebi que tenho feito muito isso com meu pobre esposo. Por me sentir frustrada por não dar conta de fazer tudo o que eu queria, acordar no horário que eu gostaria, entre outras coisas que preciso fazer. Sim, coisas que preciso fazer, e que não posso delegar a ninguém mais...

Bom, isso é assunto para outro conversa... se é que ela precisa ser pública...

Que Jesus, o bom pastor tenha piedade de mim, e que me auxilie nesta jornada. Amém!

Nenhum comentário: